segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Santa Lúcia nasceu com Pedro Mourthé

A artista plástica em Lisboa, de mãos dadas com o grande poeta português Fernando Pessoa
O Blog do Parque continua repercutindo na rede. A artista plástica belo-horizontina Celene Brant enriquece nosso conteúdo com um pouquinho da história da região. Na verdade, foi o seu pai, o engenheiro Pedro Mourthé de Araújo, quem fez não somente a Barragem Santa Lúcia, mas também o próprio bairro. Celene conta que ele comprou uma fazenda na época, loteou, fez as ruas, entre elas a Avenida Prudente Morais e a barragem, para conter enchentes. 
A artista conta, ainda, porque o bairro recebeu o nome de Santa Lúcia: “Foi por minha causa. Quando eu nasci, minha mãe, Marília Brant, queria que eu me chamasse Lúcia, e meu pai, Celene. Eles fizeram uma troca, o bairro ganhou o nome de Santa Lúcia e eu, de Celene”.
Pintora e desenhista de rara sensibilidade, com muitos títulos e exposições, ela se entristece quando se lembra de que o seu pai nunca é citado como o criador do Santa Lúcia. “Acho um absurdo, não há nenhuma rua com o nome dele na cidade. Além do Santa Lúcia, ele fez o edifício ‘Balança mais não cai’, o Bairro da Ressaca, foi um dos engenheiros da Barragem da Pampulha, e construiu inúmeros outros prédios e bairros de BH”..
Celene cedeu algumas fotos de seu arquivo pessoal, que o Blog do Parque publica, em homenagem ao visionário engenheiro que tornou habitável a nossa região (post Tetê Rios)
O eng Pedro Mourthé de Araújo e a mulher, Marília Brant, na fazenda que ele comprou para construir o bairro
Pedro Mourthé construiu o bairro e também a barragem para conter as águas na av Prudente de Morais
As obras de terraplenagem foram lentas, mesmo com a utilização do trator de esteira, avançado para a época

4 comentários:

  1. Que interessante essa história do bairro Santa Lúcia com fotos e nomes!

    ResponderExcluir
  2. Olivia moradora coração de Jesus16 de outubro de 2013 20:02

    Uau! Quem diria! Adorei saber a história da região.

    ResponderExcluir
  3. Que fotos bacanas, Celene, preciosas. Bjo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Celene.
    Saudades de d.MAria.
    Beijos
    madalena karioca



    ResponderExcluir