quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Geraldão, o zagueiro dos bons tempos

Geraldo Dutra, o Geraldão, (foto) tremendo zagueirão do Cruzeiro por nove anos, de 78 a 87, também caminha na pista do Parque da Barragem. Mantém a forma no alto dos seus um metro e oitenta e tal num passo calmo, acompanhando a turma do horário das dez pelo prazer da companhia, e dando muitos, muitos pitacos sobre o futebol jogado pelos mineiros.
Geraldão é um cinquentão tranquilo que esteve na seleção brasileira nos anos 87 e 88 e passou longa temporada na Europa e Quatar. No Porto apaixonou-se pelas tremendas bacalhoadas. No Paris Saint Germain absorveu a cultura francesa da boa mesa, mas segurou a boca, afinal o atleta vinha em primeiro lugar. E no Quatar ensinou um futebol de qualidade aos iniciantes de lá.

O zagueirão hoje administra suas propriedades de além mar e se dedica, no Brasil, ao gerenciamento de clubes de futebol, num trabalho de consultoria voltado principalmente para os  times do interior de Minas. 

3 comentários:

  1. Profundo conhecedor do futebol e seus bastidores, Geraldão é uma companhia agradável nas caminhadas das manhãs do parque. Sou testemunha da sua simpatia isenta de paixões de torcedor. Abraço prá ele!

    ResponderExcluir
  2. Profundo conhecedor do futebol e seus bastidores, Geraldão é uma companhia agradável nas caminhadas das manhãs do parque. Sou testemunha da sua simpatia isenta de paixões de torcedor. Abraço prá ele!

    ResponderExcluir
  3. Tem vaga para Geraldão no domingo!9 de outubro de 2013 14:14

    Tem vaga para o Geraldão domingo no clássico!

    ResponderExcluir