quinta-feira, 24 de julho de 2014

Risco de desabamento de prédio na rua Macau


Os moradores do prédio da rua Macau, 25, no Coração de Jesus (Vila Paris), na esquina da rua Iraí, estão preocupadíssimos com a possibilidade de desabamento do prédio onde moram.

Segundo o síndico José Celso Gontijo, isto se deve às infiltrações e abatimento da rua em frente em prédio devido à falta de manutenção asfáltica por parte da Prefeitura que, apesar de avisada com inúmeras solicitações, não consegue corrigir o problema, de fácil solução.

José Celso explica que estas infiltrações vêm ocorrendo há quase dez anos. Agora, com mudanças no trânsito na área e o estacionamento dos dois lados da pista, o problema aumentou bastante, pelo excesso de veículos em circulação e constantes acidentes.


Os moradores ficam ainda mais preocupados por causa do recente desabamento de um prédio no bairro vizinho do São Bento e com a queda dramática do viaduto na avenida Pedro I, com a morte de duas pessoas.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

A prevenção da Doença de Alzheimer

O Instituto de Saúde Pública da Universidade de Cambridge divulgou recente estudo informando que um terço dos casos de Alzheimer poderiam ser evitados se nos cuidássemos.

Acredita-se que 44 milhões de pessoas no mundo tenham Alzheimer e que esse número chegue a 106 milhões de casos até 2050. Segundo pesquisa de Cambridge, no entanto, se a população mundial diminuir em 10% cada um dos fatores de risco modificáveis da doença, será possível evitar cerca de 9 milhões de casos de Alzheimer até 2050.

Para prevenir a perda da memória devemos ter alguns cuidados.

Dormir Bem. É durante o sono que a memória e a aprendizagem se consolidam.
Não Fumar. "O tabagismo leva à perda de memória de modo indireto".
Tratar stress e depressão. O estado de stress crônico libera hormônios como adrenalina e cortisol, que prejudicam a fixação da memória.

Hipertensão. A hipertensão pode fazer com que os vasos do cérebro se estreitem, já que estimula o aumento da musculatura dos vasos e diminui a permeabilidade para a passagem de nutrientes, oxigênio e gás carbônio.

Colesterol LDL. Níveis altos de colesterol LDL, chamado de colesterol “ruim”, leva ao depósito de gordura nas paredes das artérias de todo o corpo — inclusive no cérebro — e que causa o entupimento das veias.

Tomar café moderadamente. A cafeína ativa a liberação de energia da célula. Com isso, os impulsos cerebrais têm um desempenho melhor, o que contribui para a melhor fixação da memória.

Praticar atividade Física. O exercício físico, além de melhorar fatores de risco como hipertensão e colesterol alto, melhora o fluxo sanguíneo do cérebro, evitando o declínio cognitivo.

Monitorar doenças cardíacas. Caso o coração não funcione corretamente, o sangue não circula como deveria e pode favorecer o entupimento de vasos do cérebro.

Controlar o diabetes. O diabetes causa a degradação das paredes das artérias e facilita a formação de placas de gordura.

Ter uma dieta saudável. A glicose é o combustível para o cérebro. Sem ela, as conexões cerebrais ficam comprometidas — podem ocorrer falhas no armazenamento e no resgate de informações. Assim, uma dieta rica em frutas e cereais colabora com o funcionamento do cérebro. Mas o consumo precisa ser moderado, pois a ingestão exagerada de açúcar pode dificultar a fixação da memória. De acordo com um estudo publicado na revista Neurology, pessoas que apresentaram os maiores níveis de açúcar no sangue em jejum se saíram pior em um teste de memória do que aquelas que tinham as menores taxas.
Maneirar no álcool. O álcool em quantidades altas é tóxico para o cérebro.


Exercitar a memória. Algumas atividades obrigam o cérebro a armazenar e resgatar dados. Aprender uma nova língua ou ler um livro, por exemplo, são bons exercícios.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Parque recebe novas plantas, mantém sombra e protege seus pássaros


Os funcionários da Fundação de Parques Municipais plantaram 38 mudas de plantas já crescidas no Parque da Barragem Santa Lúcia.

Faz parte do programa de manutenção e melhoria dos parques municipais de Belo Horizonte.

Desta vez, segundo a chefe do Departamento Centro da Diretoria da Área Sul da FPM, Tatiani Cordeiro, foram plantados ipês brancos, amarelos e roxos de bola, patas de vaca, escovas de garrafa, calistemos e gerivás.

Muitas destas mudas foram em substituição a árvores arrancadas, quebradas, maltratadas por frequentadores. As árvores foram escolhidas para proporcionar sombra e alimento para pássaros.




segunda-feira, 21 de julho de 2014

Roberval Nunes, terapeuta holístico


Terapia Holística é o nome dado a qualquer terapia que siga os princípios do holismo. Ou seja: que aborda o problema a ser tratado como um todo, não através de uma visão fragmentada do real.
A abordagem holística acredita que os elementos emocional, mental, espiritual e físico de cada pessoa formam um sistema, e objetiva tratar de toda a pessoa em seu contexto, concentrando-se tanto na causa da doença como dos sintomas.
Roberval Brandão Nunes (foto), administrador, executivo e avô é terapeuta 
holístico, atende em casa e caminha todas as manhãs na pista da barragem.

domingo, 20 de julho de 2014

Murilo Castro, o marchand aderiu ao patinete e à pista do Parque


Patinete, tênis, bermudão, camiseta polo, bonezinho estilo docas de Londres e muita disposição para curtir a manhã de domingo, o renomado galerista e marchand Murilo Castro (foto) iniciou hoje seus passeios na pista do parque da barragem.

E comentava com seus vizinhos e amigos, o cirurgião plástico Valdir Galvão e o engenheiro Ubiratan Soares de Sá, que está adorando a vista da lagoa que tem de seu novo belíssimo apartamento de cobertura, bem em frente à lagoa.

E mais entusiasmado ficou ao saber que um outro amigo, com o qual apreciou uma bela feijoada ontem mesmo, o arquiteto Gustavo Penna, está elaborando um arrojado projeto para o Novo Parque da Barragem Santa Lúcia.

A Galeria Murilo Castro firma-se como ponto de convergência de artistas e colecionadores. Vem realizando um consistente trabalho de divulgação da arte contemporânea, tanto com exposições em Belo Horizonte de artistas de todo o país quanto com participações em feiras nacionais e internacionais.


O acervo da galeria é composto de obras de artistas consagrados e as novas formas de representação de formidáveis talentos emergentes. A Galeria tem proporcionado e contribuído para a divulgação, valorização e incentivo dos diferentes meios de manifestações artísticas.

sábado, 19 de julho de 2014

Depois dos biguás, agora são os melros a invadir o parque


Uma das aves mais populares das nossas cidades, os melros chegaram em bando, encantando os caminhantes com seu canto alto e estridente e seu voo na manhã friorenta. 

Aves migratórias brasileiras, encontram-se bem distribuídos por todo o País, podendo ser vistos praticamente em qualquer zona que apresente algum tipo de vegetação, inclusive em áreas urbanas.

O Melro-preto, ou Turdus merula, é uma das espécies mais típicas e abundantes da nossa fauna. Vêm à cata de alimentos e não se assustam com a proximidade das pessoas, chegando até a beira da pista.

Quem identifica os bichinhos é o zootecnista Júlio César Maciel, que bate ponto no Parque todas as manhãs e é profundo conhecedor de nossa fauna e flora.

O melro é uma espécie protegida. Não são lá muito amados pelos agricultores, por conta dos prejuízos nos pomares e plantações. (post Tetê Rios)

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Danielle e Daniel, aluna e professor. Objetivo: emagrecer 10 quilos


Danielle Torres é administradora, sempre tentou fazer exercícios físicos mas, indisciplinada, acaba por desistir. 

Há duas semanas, porém, tomou uma decisão firme e sensata: contratou o personal trainer Daniel Maluf para supervisioná-la.

O objetivo é perder 10 quilos. E a maratona começou animada: três vezes por semana, logo de manhãzinha, eles se encontram para o aquecimento, depois a caminhada e em seguida uma boa corrida

Tudo em 50 minutos, a tempo de voltar para casa, no Coração Eucarístico, e se arrumar pra pegar no batente.

Daniel, professor de Educação Física, trabalha na Academia São Bento Fitness, e foi indicado por outra aluna. Ele atua como personal trainer de outras seis pessoas que escolheram o Parque para se exercitar.

Para a aluna Danielle, a presença do professor incentiva a prática dos exercícios e garante que eles sejam feitos corretamente, com resultados quase que imediatos. 

“Estou dormindo melhor, parei de roncar, estou menos estressada, chego mais animada para trabalhar”, comemora.

Já o professor Daniel alerta que quem quer emagrecer precisa aliar exercícios de força, como corridas, academia, bike, entre tantos outros, com uma dieta bem regrada. 

Segundo ele, perder peso é a maior motivação de seus alunos. Para quem se anima, aí vai o telefone dele: 9261-1019.  (post Tetê Rios)

quinta-feira, 17 de julho de 2014

A copa e o frio da manhã tiraram os caminhantes do Projeto Caminhar


Não se sabe se o friozinho das manhãs, se a ressaca da Copa do Mundo, o fato é que a equipe do Projeto Caminhar está sentindo a falta de quem já tinha se acostumado às avaliações dos fisioterapeutas e estudantes de educação física.
 
A frequência diminuiu bastante neste último mês, embora o atendimento seja gratuito, com medição de peso, altura, pressão arterial, circunferência abdominal, percentual de gordura e IMC, o índice de massa corporal.
 
Além, é claro, das orientações para manter a saúde em dia e livrar-se dos perigos do infarto e do AVC, por exemplo.
 
O maior problema dos frequentadores do projeto no Parque da Barragem é a inconstância, apontam os estagiários da Prefeitura. A pessoa vai, faz a avaliação, se inscreve e depois desaparece, lamentam os estudantes.
 
Por isto, eles reforçam o convite para o próximo dia 25, sexta-feira, quando montam de novo os equipamentos, das 7 às 9h20m, para medir o nível de saúde dos frequentadores do Parque. E então, vamos lá? (post Tetê Rios)

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Até a cachorrinha amarelou


O Brasil fez feio na Copa, o torcedor recolheu as bandeiras, mas a poodle Dara ainda desfilava, toda faceira, pintada com as cores da Seleção, o corpo amarelo e as orelhinhas verdes.
 
Chamava a atenção no fim de semana no Parque da Barragem, ao lado de suas donas, Alessandra Miranda e a filha Beatriz, de 5 anos (foto).
 
Torcedora entusiasmada do time brasileiro, Alessandra não conseguia esconder a sua decepção com a performance dos jogadores verde-amarelos. Mesmo assim, resolveu deixar a cachorrinha pintada, até a próxima ida ao pet shop.
 
Para ganhar as cores da Seleção, Dara passou por uma sessão de pintura com tinta especial para cachorros, e fez sucesso por onde passou, durante toda a Copa do Mundo.
 
Frequentadora assídua do Parque aos fins de semana, Alessandra mora no Buritis e reserva os sábados e os domingos para curtir o espaço ao lado da filha, sempre com a cadelinha e a bike. (post Tetê Rios)

terça-feira, 15 de julho de 2014

A tecnologia e novos equipamentos transformaram o diagnóstico médico


Ricardo Lacerda Guimarães (foto) é médico, especialista em patologia clínica. Trabalha em dois hospitais públicos, o João XXIII, mais conhecido como o HPS, e o Hospital do Ipsemg.

Morador da Serra, ele é o mais novo frequentador do Parque da Barragem: seu irmão Marcos acaba de comprar um apartamento no São Bento, e a primeira visita ao novo imóvel marcou também a sua estreia na pista. 

Um entusiasta da profissão, Ricardo destaca que a tecnologia transformou a sua área. 

Os moderníssimos equipamentos para exames vêm substituindo a mão de obra humana e imprimindo agilidade e precisão em todos os tipos de exames. 

“Minha área, atualmente, é toda na base dos avanços tecnológicos”, comemora.

“Nossos laboratórios são excelentes, realmente Classe A”, garante o profissional. (post Tetê Rios)