quarta-feira, 1 de abril de 2015

Eliane ficou es-can-da-li-za-da com os preços no GastroPark


Jornalista experiente, conhecida por suas edições televisivas primorosas, Eliane Machado (foto) já passou por quase todas as emissoras de TV, onde assinou inúmeros programas que marcaram época.

Carioca de nascimento, hoje se considera uma autêntica mineira, nesta terra que adotou ainda jovem, onde se casou, criou os três filhos e construiu a sua carreira profissional nas telinhas das Gerais.

Festeira autêntica, Lili, como é conhecida pelos amigos, mora no São Bento e foi conferir o GastroPark, que movimentou o Parque da Barragem com muita comida diferente.

Amou a iniciativa e o público, mas ficou es-can-da-li-za-da com os preços dos comes e bebes, que achou exorbitantes! 

“Um chopp a R$ 10? Uma taça de espumante a R$ 16? Um mexidinho a R$ 17? Ah, tenha dó”, reclamou.

Lili, que não é lá muito adepta das caminhadas, gosta de frequentar o Parque nos eventos culturais, que, na sua opinião, deveriam acontecer com mais frequência. (Post Tetê Rios)

terça-feira, 31 de março de 2015

Criatiane, a companheira, boa conversa, xô solidão


Cuidadora de idosos, Cristiane Kelly (foto) acaba de voltar para as caminhadas diárias na pista do Parque. Durante cinco anos, ela se exercitou diariamente por aqui, mantendo suas taxas de colesterol sob rígido controle.

Contagiada pela animação das amigas e vizinhas, voltou ao Parque há pouco mais de um mês, e já sente os resultados positivos que os exercícios físicos diários proporcionam a qualquer um.

“Estou mais bem humorada, não sinto dores nas pernas, passei a dormir melhor, física e espiritualmente, estou melhor em tudo”, admite.

Apesar de não abandonar o tratamento médico para o colesterol, Cristiane adotou uma dieta mais balanceada e caminha por uma hora de segunda a sexta-feira. 

“Também venho aos sábados e aos domingos, quando estou de folga”, comenta, animada.

Ela é uma pessoa que gosta do que faz: é acompanhante de uma idosa que ficou viúva recentemente. 

“Sou mais uma companhia para ela que, aos 76 anos, é completamente ativa, faz aulas de dança, de inglês, faz faculdade da terceira idade. Meu serviço é mais o de companheira mesmo, para bater uma prosa, evitar a solidão”, conta. (Post Tetê Rios)

segunda-feira, 30 de março de 2015

Em Transe, um suspense de tirar o fôlego

Cinema em Casa

E. A. Santos

Em Transe é um dos mais interessantes thrillers psicológicos dos últimos anos. 

O inspirado e entrosado trio de protagonistas McAvoy-Rosario-Cassel ajuda muito, e os temas instigantes também: amnésia, hipnose e os estados alterados da mente.

Este suspense psicológico de 2013 tem a capacidade de prender o espectador na poltrona, com suas inúmeras reviravoltas. Vale a pena assistir este filme que, em princípio, tem uma história prosaica.

Um quadro super-valioso é roubado de uma galeria de arte durante a realização de um leilão. A partir daí, nada é o que parece ser.

Em Transe tem uma direção segura de Danny Boyle e boas interpretações de James McAvoy, Vincent Cassel e Rosario Dwason, como a hipnoterapeuta.


(*) Este vídeo está disponível para locação na Star Vídeo, na praça José Cavalini, telefone 31 3297 3288

domingo, 29 de março de 2015

Celdia Cardoso, equilíbrio e postura com o pilates


Baiana de Brumado, Celdia Cardoso (foto) vive de bem com a vida. Há 20 anos, trocou a Bahia por Belo Horizonte e nunca se arrependeu: ama a cidade das montanhas.

Moradora da Vila Paris, não dispensa as caminhadas duas a três vezes por semana em volta da Lagoa, intercaladas por exercícios de pilates, ao qual aderiu há mais de uma década, desde que virou moda no Brasil. 

Amo. Dá postura, equilíbrio, é tudo de bom”, diz. No Parque, chega a dar oito voltas a cada manhã.

Mãe de quatro filhos, um dos quais mora na República Dominicana, avó de quatro netos, diz que a melhor delícia desta vida é ser avó.

Vai sempre sozinha: o marido, Tiazito, aposentado, tornou-se escritor. Seu quarto livro está no prelo, com crônicas humorísticas. “Ele é meio avesso aos exercícios físicos. É um contador de causos”, brinca. (Post Tetê Rios)

sábado, 28 de março de 2015

Rubia Guerra, olhar sensível e fotos criativas


Rubia Guerra (foto) é fotógrafa e esteve no evento da Rede Globo de Televisão com o Sesi, Bem Estar Global, realizado nesta sexta-feira, dia 27, no Parque da Barragem Santa Lúcia.

Ela estava “desenferrujando” os dedos em clics neste seu retorno a Belo Horizonte, depois de anos fora do País, na Europa e Estados Unidos, onde, aliás, na New York University, aperfeiçoou seus conhecimentos na arte da fotografia, que tem no brasileiro Sebastião Salgado seu representante maior.

Rubia estudou comunicação social e consegue ter um olhar interessante para pessoas e lugares que fotografa, sempre uma visão reflexiva ou que mexa com sua sensibilidade social, ela que se dedica, também, como voluntaria, a várias ações em aglomerados e instituições da cidade.


Rubia Guerra está disponível para trabalhos em Belo Horizonte. Contato: rubiaguerraphotography@gmail.com ou pelo telefone 31 8249 3113.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Rosana Lucas, linguista, cinéfila e o gosto pela boa prosa


Rosana Lucas (foto) é professora de inglês e português, é linguista, ex-aluna do professor Hugo Mari, da UFMG e PUC, cinéfila, uma intelectual. 

Mora no Luxemburgo e nos finais de tarde, na happy hour, passa ali pela Star Video para ver os novos filmes e gastar um dedo de prosa com o Randolfo Paiva.

Rosana é filha do escritor e ensaísta Fabio Lucas, membro das academias de letras de Minas e São Paulo, e deve publicar, ela mesma, brevemente, uma "hipótese de gramática universal aplicada ao português brasileiro com base nos princípios budistas da originação dependente (como surge e desaparece a noção do eu, momento a momento)."

Na pista do Parque da Barragem ela tem ido pouco. Muito atarefada com as aulas particulares de inglês, individuais ou coletivas, apenas conversação, ou o pacote completo com gramática e textos.

Divertida, alegre e muito simpática Rosana Lucas já alugou, somente ali na Star Video, cerca de 1.200 videos, sempre preocupada com bons filmes, indicados por amigos ou vencedores de festivais fora do circuito comercial. 

Nada de tiroteio gratuito e violência, porque o que interessa mesmo, afinal, são as boas histórias.


quinta-feira, 26 de março de 2015

A turma do Pé de Cana chegou ao Luxemburgo.

Túlio, Márcio e Roberto Bomtempo transformaram o Bar do Antônio, Pé de Cana em sucesso comercial e local de boa comida e bebida honesta, com prêmios e citações em revistas especializadas.

Túlio, Roberto e Márcio Bomtempo são irmãos e donos do Bar do Antônio, Pé de Cana, um dos bares de maior sucesso de Belo Horizonte, há 50 anos recebendo a boemia mineira no bairro do Sion e agora também no Luxemburgo.

O nome Pé de Cana surgiu daquela tradição de se jogar um "gole pro santo", que os frequentadores faziam com alegria e satisfação. Daí um gaiato resolveu plantar um pé de cana em frente ao bar do Sion...e  hoje o canavial está lá pra quem quiser apreciar.

Os irmãos Bomtempo, porém, adquiriram o bar somente nos anos 80, transformaram-no também em local de petiscos e restaurante. 

Agora, nesta segunda unidade no Luxemburgo, o bar continua com toda sua tradição mas agrega também uma área para crianças.

Túlio Bomtempo mora no Luxemburgo e frequenta o Parque da Barragem em caminhadas bissextas. 

Roberto e Márcio, os chefs dos dois restaurantes, pegam no batente diariamente e já levaram o bar a ganhar inúmeros prêmios e ótimas indicações de revistas como a Veja, Encontro e Gula.

Bar do Antônio na avenida Guaicuí, 615

quarta-feira, 25 de março de 2015

Tia Amância é o 4º melhor posto de saúde da Capital. Com louvor

Dra. Eliana Miranda e Silva Moreira, chefe do Posto Tia Amância
O Posto de Saúde Tia Amância, na rua Irai, na Vila Paris, a três quadras do Parque da Barragem, está entre os cinco melhores de Belo Horizonte, conforme pesquisa realizada ano passado entre os 76 mil usuários dos 147 postos instalados na Capital.

O Tia Amância ficou em 4º lugar, classificado segundo os critérios de acolhimento dos pacientes, coleta de material para exames, farmácia (atendimento e abastecimento das necessidades do paciente) e consultas médicas.

Chefiado pela médica Eliana Miranda e Silva Moreira, o posto atende a uma média de 300 pessoas por dia, de segunda a sexta-feira, de 7 às 19 horas, tem 68 funcionários trabalhando também na Academia da Cidade e está instalado em local com sérios problemas de acessibilidade.


A partir de maio, no entanto, a Prefeitura inicia a construção de um novo posto, com verba de R$3 milhões já alocada do Orçamento Participativo. A empresa vencedora da licitação é a Do Valle Engenharia.

O novo prédio será maior, com áreas da escola estadual instalada ao lado, terá vagas de garagem para ambulâncias, elevadores, e todos os equipamentos necessários para seu bom funcionamento.

Posto Tia Amância, rampa de acesso

Posto Tia Amância, na rua Iraí, o 4º melhor da Capital