segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

A cerca, o vazio e a queda


O vereador Vilmo Gomes, “o homem do povo”, do PT do B, subtenente da Polícia Militar, com forte base eleitoral no morro do Aglomerado Santa Lúcia, entrou forte na campanha para cercar o Parque da Barragem Santa Lúcia

Especialista em segurança pública, policial que é, ele enviou hoje pela manhã ao Parque da Barragem seu assessor Sérgio Ferrarezi (foto) para fotografar a área, medir o tamanho da cerca especial da Belgo Mineira e consultar os frequentadores, que apoiam a medida em 100 por cento. 

O cercamento do parque com duas entradas e saídas com porteiros é a única alternativa para que a pista da caminhadas continue funcionando.

Isto porque o movimento de frequentadores tem caído a uma média de dez pessoas por dia, as barracas de coco e açaí diminuíram o movimento em 20 por cento de faturamento e os aposentados que se exercitam ali temem os constantes ataques, agressões e assaltos de que são vítimas de bandos de adolescentes covardes, drogados, agressivos e ladrões. 

Os três guardas municipais destacados para a área foram intimidados pelos “de menores” e circulam fora da área de conflito.

O batalhão na PM, nas franjas do parque, não tem efetivo; a delegacia de polícia a 50 metros da pista de caminhada é apenas administrativa. Assim, está estabelecido o conflito social entre os estatutos dos Idosos contra o da Criança e Adolescentes, com claro prejuízo aos aposentados.


A pista vazia mostra que os frequentadores estão abandonando o Parque da Barragem e indo caminhar na avenida Bento Simão, no São Bento, onde as pessoas se sentem mais seguras pelo número de pessoas, porque não existem rotas de fuga para a malandragem e ainda pelo fato de que inúmeros seguranças particulares estão por ali, tomando conta das elegantes residências do bairro.



Clayton Ribeiro da Silva (foto), o simpático atendente da barraca de coco em frente à agência de publicidade Perfil, está querendo deixar o local e ir vender seus cocos na avenida Bento Simão. 

Seu movimento diminuiu cerca de 20 por cento, ele assiste a pelos menos cinco assaltos e agressões por dia, de adolescentes contra idosos, todos por ali, nas imediações de seu comércio, e ainda descobriu que seus clientes estão, sim, caminhando na Bento Simão. 


Esta árvore Leucemia não resistiu aos ventos e fortes chuvas do final da semana no Parque da Barragem Santa Lúcia. Segundo a gerente do parque, Ana Maria Pietra, esta é uma árvore invasora, caiu sobre a pista, foi removida para a margem da lagoa e talvez já amanhã seja retirada do local. 


A instalação Ilha do Encantamento, da artista chinesa Jennifer Wen Ma, está sendo desmontada da lagoa do Parque da Barragem. Três dos seis pedalinhos já foram retirados, um está afundado, dois sairão esta semana. 

O pier está sendo utilizado perigosamente pelas crianças que nadam nas águas sujas e também será desmontado. As plantas da "ilha" serão doadas. As toras de eucaliptos apodrecidas pelos três meses na água vão para os depósitos da prefeitura.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. O vereador Vilmo Gomes e dono do ptdob parque? www.ptdob.com

    ResponderExcluir