sábado, 13 de junho de 2015

Eva de Lourdes, a empresária no morro, vende de tudo e ainda limpa casas


Eva de Lourdes Rodrigues Rosa, ou Lurdinha (foto), como é mais conhecida no Aglomerado da Barragem Santa Lúcia, onde nasceu e foi criada, tem o DNA do comércio no sangue.

Seu pai foi um dos pioneiros no comércio do morro, na época um pequeno aglomerado de casas. Era o dono da única mercearia do bairro, e seus filhos herdaram o seu tino para o comércio: dois deles são proprietários de bares.

Lurdinha, que ganhava a vida como faxineira, sempre sonhou em ter o seu próprio negócio.  Depois de uma ampla “pesquisa de mercado”, feita a olho, observando, conversando, indagando, achou um nicho até então inexplorado na rua Principal do bairro, onde mora desde que se casou e, junto do marido, construiu a sua casa própria.

Resolveu que iria abrir um armarinho, desses que vendem de tudo, de agulhas e linhas à material de papelaria.

Aos poucos, economizando, foi comprando o maquinário necessário, tudo à vista, sem fazer uma dívida sequer. Olhando um dia para sua sala, viu ali o local ideal para abrir o seu empreendimento.

Uma pequena reforma, e pronto: nascia a empresária Eva de Lourdes

De cosméticos a roupas de cama, de créditos para celular a serviços de xerox e plastificação, há quatro anos ela só vê florescer o seu comércio.

Mesmo assim, não abandonou as faxinas nas casas das antigas patroas, algumas a quem presta serviços há mais de 20 anos. Três vezes por semana, ela cumpre a antiga função.

Casada, mãe de Fernanda, de 10 anos, e Rafael, de 8, a empresária Lurdinha é exemplo a ser seguido, de que basta correr atrás de seus sonhos para torna-los realidade. (Post Tetê Rios)

2 comentários:

  1. Muito bacana! Com certeza é mais feliz que muito mega empresário!

    ResponderExcluir